Tipos de tuberculose: Pulmonar, extrapulmonar, urinária e cerebral

Perguntas e respostas sobre tipos de tuberculose. Pulmonar, extrapulmonar, urinária e outras formas. Veja os sintomas e tratamento desta doença.

» Página Inicial

A tuberculose pulmonar é o tipo mais conhecido da doença, é causada por uma bactéria chamada de Mycobacterium tuberculosis ou Bacilo de Koch, que atinge os pulmões.

Os principais sintomas são tosse associada a catarro, perda de peso e apetite, febre, suor excessivo durante a noite e sangue no catarro são os principais sintomas.

Tipos de tuberculose

Tratamento

Como as bactérias estão presentes na secreção, o paciente deve ficar até 15 dias em isolamento para que as bactérias não estejam mais presentes na secreção. O tratamento é feito à base de antibióticos e dura em média 6 meses.

O que é tuberculose extrapulmonar?

A tuberculose extrapulmonar também é causada pelo Bacilo de Koch, mas seu diferencial é que ela afeta regiões fora do pulmão.

Além dos sintomas, que são os mesmos da tuberculose comum, pode ser pedido pelo médico exame de sangue, raio-x, tomografia e mesmo biópsia de tecido do local afetado.

O que é tuberculose urinária?

A tuberculose urinária é um tipo bastante comum de tuberculose extrapulmonar, respondendo a aproximadamente 27% dos casos. Seus sintomas são bastante parecidos aos da infecção urinária, mas não há respostas ao uso de medicamentos.

O tratamento é feito à base de antibióticos, mas em alguns casos pode ser necessário que o paciente tenha que passar por cirurgia visando a reconstrução da uretra, aumento da bexiga e reconstrução do trato urinário, por exemplo.

O que é tuberculose cerebral?

Este tipo de tuberculose é considerado como o tipo de tuberculose extrapulmonar mais grave de todos, apesar de ser muito comum em países em desenvolvimento, pois condições alimentares e habitacionais precárias são um dos principais fatores de transmissão.

Sintomas

Variam de acordo com a idade. Em crianças menores de um ano, não há sintomas até um ano depois da infecção. Quando os sintomas aparecem, incluem dor de cabeça, febre, rigidez na nuca e vômitos, podendo vir acompanhados de sono intenso, dores musculares e mau humor.

Em jovens, os sintomas clássicos costumam ser divididos em três fases. Na primeira fase, que em média dura 3 semanas, podem ocorrer dor de cabeça, febre e alterações de personalidade. Na segunda fase ocorrem vômitos, confusões mentais, cefaleia (dor na cabeça), dentre outros. Na terceira e última fase, a doença já está bastante avançada e danos já foram causados, incluindo convulsões, paralisia de metade do corpo e até mesmo coma.



 

Veja também



© 2018   |   Saúde AZ: Informações de saúde e bem estar   |   Política de Privacidade