O que é saneamento básico e doenças relacionadas

Perguntas e respostas sobre saneamento básico, seu significado, quem presta esses serviços ou quem é responsável por garantir esse direito, quem mais sofre com a falta dele, entre outras respostas. Veja a FAQ.

» Página Inicial

Saneamento básico é um conjunto de atividades promovido geralmente pelo poder público para proporcional à população o acesso a água potável, tratamento de esgoto e resíduos, limpeza urbana e outras atividades que visam promover a higiene e o bem estar das pessoas.

São condições básicas que o ser humano precisa para viver em sociedade e principalmente com o advento da urbanização.

O saneamento básico impacta diretamente na saúde das pessoas e por isso ele é tão importante para garantir um direito básico. Em locais onde ele é precário, a incidência de doenças é muito maior com casos de epidemias e grandes prejuízos à saúde das pessoas, especialmente de grupos mais vulneráveis, como crianças e idosos.

No Brasil é muito comum você encontrar comunidades sem condições de sobrevivência, são ruas sem calçamento, sem rede de água potável, sem banheiros individuais nas residências, vivem em condições de extrema pobreza.

saneamento básico

De quem é a responsabilidade pelo saneamento básico?

No Brasil esta função geralmente é designada ao poder público municipal ou às prefeituras, mas geralmente com apoio dos governos estaduais e também do governo federal. Mas a prefeitura é geralmente a que vai promover essas ações, executar e tentar garantir que tudo funcione.

Nos últimos anos vemos que em muitos municípios este trabalho está sendo entregue à iniciativa privada, como é o caso do tratamento de água e esgoto, bem como a distribuição da água potável à população. No passado havia empresas municipais responsáveis por isso. Contudo, essa entrega ao setor privado, não significa que a prefeitura fica isenta de responsabilidade, muito pelo contrário, cabe a ela fazer a concessão, estabelecer os critérios para tal, fiscalizar durante todo o período de vigência da concessão e se necessário encerrar a concessão.

Além do exemplo citado acima, também é comum a concessão de outros serviços relacionados ao saneamento básico, como por exemplo a coleta de lixo urbano, coleta e reciclagem, tratamento de resíduos sólidos, entre outros.

 

Doenças

Com a água tratada, fazendo canalização de esgotos, e água potável, como também realização de coletas de lixos e resíduos orgânicos, e obviamente fazendo aterros regularizados, são medidas que vão evitar a proliferação de doenças endêmicas.

Na verdade o controle de doenças é algo complexo, mas o saneamento básico faz a primeira etapa do processo. Claro que para um controle eficiente não basta apenas isso. Um bom exemplo é o caso da dengue que não está ligado necessariamente à falta de higiene, mas sim de não haver água parada para a criação e proliferação do mosquito causador da doença.

Entre os tipos de doenças adquiridas com a falta de saneamento básico, estão as viróticas, bacterianas e parasitoses. Como por exemplo: fungos, bactérias de vários tipos, tuberculose ou doenças transmitidas pelos roedores, como a leptospirose.

Quem mais sofre com a falta de saneamento básico?

A população mais carente, em particular as crianças são as mais afetadas. São infectadas de vários tipos de doenças infectocontagiosas, podendo levar a morte. Também a população idosa tente a ter mais problemas por ter imunidade mais baixa.

De maneira geral as regiões mais pobres são as mais afetadas, isto em um cidade ou no contexto geral. Por exemplo: as cidades da região sudeste e sul do país tendem a ter uma infraestrutura muito melhor do que boa parte das cidades do norte e nordeste. Contudo, mesmo em uma cidade desenvolvida, haverá regiões dela com maiores problemas estruturais e falta de saneamento total.

Um país desenvolvido têm problema esse tipo de problema?

Não é comum encontrar problemas de falta de saneamento básico em países desenvolvidos, pois é um assunto de suma importância. A falta de saneamento vai ocasionar altos gastos aos cofres públicos por ocasionar vários tipos de doença a população como doenças, medicação e gastos hospitalares. São vistos como prioridade para que o ser humano viva dignamente. Devemos cobrar as autoridades públicas condições de moradia é o mínimo que se pode obter um cidadão que paga seus impostos.A periferia não têm um acompanhamento adequado pelos governantes com isso são milhares de famílias que vivem em condições de vida, crianças brincam em meio a resíduos fecais,lamas e não têm higiene pessoal adequada.Isso faz com que aumente o fluxo de pacientes nos hospitais públicos que também não são bem equipados e faltam profissionais para toda a população que necessita de atendimento hospitalar em rede pública.



 

Veja também



© 2018   |   Saúde AZ: Informações de saúde e bem estar   |   Política de Privacidade