Calcanhar de maracujá ou miíase. Classificação e sintomas

A Miíase, também conhecida como Calcanhar de Maracujá, é uma infecção cutânea causada por larvas de moscas. Ou seja, a mosca deposita suas larvas na pele do hospedeiro. Diversos animais podem sofrer com esta infecção, inclusive gatos, cachorros e até seres humanos. Trata-se de uma doença mais presente em regiões subtropicais e tropicais, como por […]

» Página Inicial

A Miíase, também conhecida como Calcanhar de Maracujá, é uma infecção cutânea causada por larvas de moscas. Ou seja, a mosca deposita suas larvas na pele do hospedeiro.

Diversos animais podem sofrer com esta infecção, inclusive gatos, cachorros e até seres humanos. Trata-se de uma doença mais presente em regiões subtropicais e tropicais, como por exemplo, em algumas ilhas do Caribe, na África, na América do Sul e Central.

Estes países também estão mais suscetíveis porque possuem baixas condições de saneamento, saúde e higiene. Qualquer pessoa que visite algum lugar como este, e que não tome os cuidados necessários poderá correr o risco de contrair a Miíase.

Calcanhar de maracujá

Classificação da Miíase

A miíase é classificada em três tipos, que variam de acordo com a maneira com a qual a mosca depositou os ovos. Os tipos são:

  • Miíase furunculóide ou primária;
  • Miíase secundária;
  • Miíase pseudomiíase ou acidental.

A primária é causada por moscas varejeiras. Quando deposita os ovos, a mosca procura hospedeiros saudáveis e as larvas se desenvolvem muito rapidamente, em cerca de 24 horas.

A secundária é causada por outra espécie de mosca, e ela costuma preferir atacar hospedeiros que tenham feridas ou problemas na pele. A mosca também pode depositar os ovos em cavidades, como por exemplo, olhos, nariz, orelha e até boca.

Por último, temos a miíase acidental, muito mais rara, causada por diferentes tipos de larvas, inclusive que é chamado popularmente como bicho da goiaba.

Quem pode contrair a miíase?

A miíase pode ser contraída por qualquer pessoa, independentemente de idade. Mas é mais facilmente adquirida por idosos e pessoas que não possuem hábitos de higiene. A miíase não é transmitida de pessoa para a pessoa, já que a única forma de contrair a infecção é com o animal depositando seus ovos.

Sintomas da Miíase

Um médico pode reconhecer facilmente os sintomas da miíase. Antes de tudo, surge na pele uma espécie de caroço avermelhado, com um orifício central no qual escorre pus amarelado e até com um pouco de sangue.

Se não tratada rapidamente, pode causar danos profundos na pele, principalmente quando se instala em feridas abertas ou cavidades do corpo.



 

Veja também



© 2018   |   Saúde AZ: Informações de saúde e bem estar   |   Política de Privacidade